sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Governo adia novos canais na TDT para 2016!

Tal como previ (ler post anterior), o Governo adiou novamente o aumento da oferta de canais na TDT. O Ministro Poiares Maduro diz agora, depois de em Setembro de 2013 ter prometido novidades “o mais tardar até ao inicio de 2014”, querer fazer coincidir as “mudanças” com as alterações já decididas pela ANACOM a ter lugar em 2016 a fim de melhorar a cobertura.

A isso eu digo: bullshit! Mas será que alguém ainda acredita nas promessas do Ministro?! Há mais de um ano que perdi a (pouca) confiança no Governo e no Ministro e tornei-o público, quer aqui no blogue TDT em Portugal, quer na consulta pública sobre o futuro da TDT.

Como afirmei em 9/10/2013, o Governo deixou logo cair a disponibilização da RTP Memória na TDT e quanto à RTP Informação, perante as queixas dos privados de que o canal era “desnecessário” (traduzindo: fazia concorrência à SIC Notícias e à TVI 24), o canal seria transformado numa espécie de canal de informação regional. Portanto, o Governo “está-se nas tintas”, quer para a opinião e os pedidos dos cidadãos, quer para a Autoridade da Concorrência! As eleições estão próximas e não convém “irritar” os privados, que são quem efectivamente “manda” na televisão em Portugal. Tal como afirmei no próprio documento, a consulta sobre o Futuro da TDT serviu para continuar a adiar qualquer decisão no sentido do aumento da oferta de canais.

O Ministro diz que as pessoas já sofreram demasiado e o melhor é fazer as mudanças ao mesmo tempo de forma a “poupar as pessoas”. Que hipocrisia! Ao adiar novamente a melhoria da oferta de canais na TDT, desta vez para 2016, na prática o ministro está a recuar e a fugir às suas responsabilidades! Como tenho argumentado, é possível a disponibilização imediata de mais dois canais no actual Mux A. Mas este Governo tem medo dos privados! Dos privados que nunca se interessaram pela TDT e se opuseram à disponibilização de canais de interesse público (RTP Memória e RTP Informação). Muito fraco é um Governo que se deixa intimidar desta forma…

2016 É uma miragem! Desde que a ANACOM estabeleceu a meta 2016, a situação alterou-se. Como o blogue TDT em Portugal oportunamente destacou, a PT Portugal não tem o mínimo interesse em aumentar a capacidade da rede TDT! E mais, a TDT já está a ser afectada! Recordo que ainda não há decisão relativamente à consulta sobre as obrigações de cobertura terrestre da TDT. Recordo também que (como já chamei à atenção), já antes da decisão de fusão com a Oi e a subsequente crise na empresa, a PT Portugal já falava no desligamento da rede terrestre de TDT! E mesmo que a fusão com a Oi se concretize e a PT Portugal (ou Oi Portugal) seja vendida, quem ficar com ela dificilmente quererá “pegar” na TDT para a tornar atractiva, embora haja ainda a remota esperança dos “remédios”. Os “donos disto tudo” da televisão e os políticos fantoche que nos têm “governado” conseguiram tornar a TDT num activo tóxico!

Os portugueses têm tido muito “azar” com os ministros que têm tido a responsabilidade de gerir a TDT. Eles não fazem mais senão defender os interesses mais fortes à custa do interesse público, à custa dos portugueses. Os indicadores sobre a TDT portuguesa, os piores da Europa e piores do que dos de muitos países do chamado terceiro mundo, deveriam envergonhar qualquer Governo e levá-lo a tomar medidas urgentes. Mas não é assim, Poiares Maduro é só mais um a decepcionar!

Infelizmente a TDT é só mais uma área onde se constata a incapacidade do Governo. Ao fim de 6 1/2 anos e mais de 200 posts, cada vez mais me custa escrever sobre TDT, quando tudo é tão previsível e há inúmeros casos tão mais graves que afectam as nossas vidas.

Off-topic (mas não muito): 
Tal como previ na consulta pública sobre o futuro da TDT, depois do pedido à ERC para disponibilizar a RTP Memória e a RTP Informação na TDT e ter criticado o atraso do lançamento da consulta, na primeira oportunidade a Administração da RTP foi demitida:

«É significativo e revelador que o até presidente da RTP, nomeado por este Governo já percebeu que o Governo está a fazer o jogo dos privados. É muito revelador o facto de pessoas nomeadas pelo Governo (de sua confiança) mais cedo ou mais tarde acabarem por compreender que as directrizes são erradas e lesam a RTP e os interesses dos cidadãos em favor de determinados lobbies. O anterior presidente do conselho de administração da RTP acabou por demitiu-se e o actual já demonstrou o seu desconforto, pois também criticou o atraso desta consulta dando a entender que concordava com a opinião (partilhada pelo blogue TDT em Portugal) que o Governo estava a fazer o jogo dos privados.» Consulta Futuro TDT - Blogue TDT em Portugal - Agosto 2014.

Posts e docs relacionados:
Novidades TDT Espanhola
e muitos mais...

12 comentários:

Anónimo disse...

Eu quero ver quando a ALTICE decidir vender a rede de emissores tdt, para poder fazer dinheiro e livrar-se de vez de algo que agora pouco vale. Lá terá o governo de desembolsar uns milhões...

Anónimo disse...

É importante continuar a insistir neste processo da TDT, mostrando publicamente todo o desagrado com esta situação de miséria digital.

Tiago Mendes disse...

obrigado pelo teu esforço, ja sigo este blog a uns bons anos porque fiquei todo empolgado com o TDT mas depois foi a desilusão total.

Obrigado que depois destes anos todos ainda ter uma voz activa e nao teres deixado isto morrer.

Anónimo disse...

Temos que continuar a insistir na alteração da TDT em Portugal, denunciando publicamente esta "miséria" e cumprindo o nosso dever cívico.

Yagi disse...

Se a ALTICE ficar com o MEO, então vai querer ficar com a TDT para não "deixar" que a situação (oferta de canais) se altere e a TDT se torne concorrente do MEO.

Como afirmo no texto, creio que a única esperança resta nos remédios a aplicar se a PT Portugal (ou Oi Portugal) for comprada. Quem comprar a PT Portugal (MEO) não deverá ficar com a TDT ou deverá apresentar garantias muito sólidas quanto ao futuro da rede TDT. Poderá estar aqui uma oportunidade para se criar uma empresa teledifusora independente onde participam (pelo menos) a RTP, a SIC e a Media Capital, mas duvido que elas estejam dispostas a abrir os cordões à bolsa.

Esperemos que o regulador/concorrência/Governo estejam atentos a esta situação.

Yagi disse...

«Temos que continuar a insistir na alteração da TDT em Portugal, denunciando publicamente esta "miséria" e cumprindo o nosso dever cívico.»

Pois, a falta de civismo é um dos grandes problemas. Se mais vozes se tivessem feito ouvir talvez os governantes não brincassem connosco desta forma. Temos o péssimo hábito de calar e esperar que sejam "os outros" a resolver o problema. A TDT foi sabotada por muita gente...

Luis Silva disse...

Então se a culpa do estado da TDT é dos privados, porque não apontar baterias nessa direcção? Boicotar as suas audiências, fazer pressão através dos meios de comunicação para pôr a opinião pública contra eles, sei lá, fazer o mesmo que se tem feito contra o Governo e a Anacom, já que, ao que parece, não são estes a raíz do problema.

Anónimo disse...

Gostava de deixar aqui expresso, o grande apreço que tenho por este blog, e agradecer todo o esforço desenvolvido por uma melhor TDT....Parabéns e nunca desista.

jose cardoso disse...

Na minha modesta opinião o Governo puderia permitir um novo multiplex e abrir concurso publico para novos canais. A TV Record e a Cofina já mostraram interesse em emitir na TDT. Quem se opõe? SIC e TVI? Se temos governos que não tem poder então que se demitam!

Anónimo disse...

Para mim parece-me óbvio que se a Altice ficar com o MEO não poderá ficar com a TDT. A concentração de plataformas numa única empresa é nefasta para a concorrência no mercado Português e não deve ser aprovada.

Anónimo disse...

Esta gente atira areia para olhos dos Portugueses , o alegado 5 canal não foi mais que uma desculpa para não se colocar mais em sinal aberto ,colocar mais canais em sinal aberto em portugal foi sempre alegado custos e perdas , pois sabemos que actuais empresas de televisão RTP,SIC,TVI , em nada perdem em colocar o seus canais temáticos em sinal aberto pois fazem parte destas empresas logo partilham o lucro da publicidade .
Por isso o 5 canal é uma desculpa para empatar , quando não é a desculpa do 5 canal , vem a desculpa da rede TDT .
No fim a politiquice agrada os operadores telecomunicações , com actual galinha dos ovos de ouro , os serviços de televisão por subscrição dos operadores de telecomunicações .
Um país que tem um mercado pequeno para ter mais canais em sinal aberto , mas esse mesmo país tem um mercado de televisão por subscrição muito grande onde 80% dos portugueses pagam a um operador de telecomunicações para ver televisão , e basta ver a quantidade de canais de noticias existentes nesses serviços de televisão por subscrição .
Mas a onde estão as principais audiências , em sinal aberto ou na tv por subscrição ?
É claro que esta nos serviços de tv por subscrição , logo os argumentos por parte das estações privadas , não há mercado para por os seus canais temáticos em sinal aberto , é falso pois hoje em dia os seus canais fazem concorrência com canais estrangeiros existentes nas plataformas por subscrição , logo a SIC e TVI querem a sua meia dúzia de ovos de ouro , e quem paga essa factura são os Portugueses.

Maria Maieiro disse...

Agora com a alteração dos nomes dos canais da rtp torna se evidente a falta de congruência da tdt portuguesa. Passando a RTP informação a chamar se rtp3 está o operador a clamar para participar na tdt portuguesa.